Carregando...

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Jarbas diz que Dirceu envergonha o País

Postado por Magno Martins

Na avaliação do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), a prisão do ex-ministro José Dirceu não é motivo de comemoração mesmo entre os que fazem oposição ao Governo. Para ele, o crime continuado que Dirceu vinha praticando, mesmo após ser condenado pelo mensalão, deveria envergonhar a todos. “É chocante que uma pessoa já condenada e em cumprimento de pena continuasse a praticar delitos. O capitão do time, como Lula o chamava, insistiu na sua prática criminosa”, afirmou.

Para Jarbas, a prisão do ex-ministro dentro da Operação Lava Jato reforça a importância da investigação que tem sofrido com processos de intimidação e pedidos de saída de seus principais integrantes, como o Juiz Federal, Sérgio Moro, o Diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello e o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. “É preciso que os que integram essa frente de investigação do maior caso de corrupção que eu já vi em toda a minha vida pública continuem a fazer seu trabalho. Que eles cheguem até o fim”, disse.

"Temos mais de vinte denúncias para fazer contra esse 'doido' que está aí..." Dispara Demar contra o prefeito Evilásio





Durante sua participação no Programa Espaço Popular, o vereador Demar não poupou críticas ao prefeito de Taquaritinga do Norte. Demar se mostrou indignado e rebateu as agressões verbais que Evilásio Araújo (PSB) disparou contra o grupo de oposição no programa da prefeitura, no mesmo dia, na Farol FM.
"Temos mais de vinte denúncias para fazer contra esse 'doido' que está aí... A câmara vai botar furando! E ele te quem respeitar o povo! Nós estamos aqui para dizer ao povo, que o povo não vai ser enganado, não vai ser iludido por um doido desse não!" Detonou Demar.
Em outra parte da entrevista no Espaço Popular, Demar saiu em defesa do vereador Jânio Arruda (PSD) que foi alvo de críticas do prefeito no rádio.


"Ele veio aqui na rádio e chamou o vereador Jânio de 'imundo', de 'bostinha'... O prefeito de Taquaritinga, ele é um imbecil! Ele se orgulha de ter sido eleito pela maioria, mas a maioria do povo está insatisfeito com a ignorância que ele vem demonstrando." Disse o vereador.


Demar já bateu de frente com o prefeito em vários momentos, a briga foi mais além e chegou a justiça.


A realidade é que o prefeito Evilásio Araújo tem baixado o nível da política em Taquaritinga do Norte, tornou-se uma pessoa carregada de picuinhas, xingamentos e palavrões. Ele tem usado suas participações para metralhar a oposição ultrapassando os limites do respeito aos ouvintes. Talvez o poder tenha perturbado muito a cabeça do prefeito, o fato é que ele já tornou-se o político mais cômico e polêmico da história do município. Mas Evilásio precisa lembrar que ouvido não é pinico!


O clima tem esquentado nos programas políticos que tomaram conta do rádio na Dália da Serra. Com a aproximação da campanha eleitoral, a coisa promete pegar fogo e não se pode prever as coisas que podem vir à tona.

Por Paulo Pereira | PE mais Postado por PE mais

Uma Lição, Uma palavra abalizada, por Antonio Martins.





Antonio Martins de Farias


PRECISAMOS MUDAR NOSSO JEITO DE FAZER POLÍTICA.

Prometi que não escreveria nem me manifestaria sobre política de nossa Taquaritinga do Norte, quando sofri muitas agressões nas redes sociais. Confesso que não tenho medo, pois sei me defender, embora tenha família aí neste município que não tem as mesmas condições que eu.
Confesso é horrível descumprir promessas. Sou de um tempo onde a palavra vale mais do que todos os documentos escritos. Lição que recebi de meu pai, Sr. Hermes Ludugero de Farias, de saudosa memória.
Muito embora a quebra seja, acho que é por um motivo justo. É que ainda chocado com a violência que afeta a todos em nossa região e os últimos acontecimentos ocorridos no final de semana próximo passado, quando nosso vice-prefeito Ivanildo Lero, sofreu um assalto e foi socorrido no hospital de Santa Cruz do Capibaribe, não pude resistir e tive que me manifestar.
Ora, ouvi e li em todos os blogs da região, nos programas de rádio etc. notas de solidariedade dirigidas ao ai Sr. Lero e família, emitidas inclusive por desafetos políticos, como o fez Jânio Arruda.
Devo antes esclarecer que não tenho procuração para defender o Sr. Lero, afinal não o conheço, nunca falei com ele e até acho que não comungo com seu discurso. No entanto, respeito e presto as homenagens e rogo para que ele tenha uma recuperação o mais rápido possível, para continuar sua luta em defesa dos interesses de seus eleitores e seguidores.
Desta forma, o que me entristece é que não li, nem ouvi uma só palavra de conforto dirigida à família do Lero e sua pessoa por parte da Prefeitura de nossa cidade. Isso demonstra que ainda estamos fazendo política pequena e pautada no ódio aos nossos adversários. Política se faz com ética e com troca de ideias e propostas, cabendo ao eleitor escolher a melhor. Dessa forma precisamos mudar muito nosso jeito de fazer política. Fazer uma política que respeite a dignidade da pessoa humana, ou seja, o Sr. Lero pode ser adversário político, porém é um ser humano e precisa ser tratado como tal. E não custava nada a Prefeitura de Taquaritinga do Norte emitir uma nota de solidariedade sobre o episódio. Sabemos, inclusive, que Segurança Pública é obrigação do Governador Paulo Câmara e não de nosso Prefeito.
Antonio Martins de Farias é Advogado e filho de Taquaritinga do Norte, PE.

Câmara Municipal de Taquaritinga do Norte

Hoje tem reunião da Câmara Municipal de Taquaritinga do Norte, início às 16:00 horas.

Frase do dia

Nenhuma pessoa, num regime republicano, está isenta de ser investigada. Apenas pessoas com foro privilegiado devem ser investigadas perante o órgão com competência. No caso do ex-presidente [Lula], ele pode ser investigado pela Justiça em primeiro grau

Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos procuradores da Lava Jato

Charge do dia


Agenda Positiva!



Josias de Souza



– Charge do Duke, via O Tempo.

STF e Dirceu: agora há prova farta


Postado por Magno Martins
Membros do STF notam que, diferentemente do mensalão, em que não havia acusação de que Dirceu recebera recursos para si, agora há "prova farta" de enriquecimento pessoal.

Rui Falcão preferiu esperar a reunião da Executiva Nacional do PT, hoje em Brasília, para que o colegiado decida sobre divulgar ou não nota em solidariedade ao ex-ministro da Casa Civil.

Caciques do PT, alarmados com a nova prisão de José Dirceu, defendem a criação de um comando de crise que reúna governo, Instituto Lula e o partido. Petistas acham que a força-tarefa tentará voltar o foco das investigações -que estava dividido entre Executivo e Congresso- para as gestões de Dilma Rousseff e Lula. "A tese agora é que o petrolão é uma continuação do mensalão, coordenado pelos governos do PT. É isso que vão sustentar no STF", constata um dirigente.

Integrantes da CPI da Petrobras relatam entendimento prévio, incluindo até deputados do PT, para que Dirceu fosse convocado a depor caso fosse preso.(Da Folha de S.Paulo – Vera Magalhães)

Da coluna de Magno Martins

Postado por Magno Martins
 
Golpe é roubar o alheio

A prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, na 17ª fase da Operação Lava Jato, caiu como uma bomba, ontem, em Brasília e no resto do País. Como sempre, o PT reagiu como vítima, politizando o crime. Coube ao líder na Câmara, Sibá Machado (AC), usar a expressão “aberração” e tentativa de “golpe”.

É uma perseguição declarada ao PT. O juiz Sérgio Moro trabalha com suposições, vai à imprensa, faz show. E a Polícia Federal acompanhando esse show. Isso está virando uma aberração ao estado de direito. Está caminhando para um golpe político da caneta. Moro trabalha para institucionalizar um golpe e para prejudicar o PT”, disse Sibá, para acrescentar:

“Existe um olhar diferente para os mesmos fatos. O Dirceu já estava em prisão domiciliar. Não tinha motivo. É uma orquestra para colocar povo na rua. O juiz Moro faz show calculado, pensado, para que isso se desenrole dessa maneira". Líderes da oposição disseram que a nova fase da operação demonstra o "fortalecimento das instituições" e afirmaram que a nova prisão mostra que as investigações chegaram ao alto escalão do PT.

"Temos que aplaudir essa mais nova etapa da Lava Jato, que não se restringe a intermediários e finalmente começa a chega aos cabeças pensantes, elaboradores de todo esse esquema corrupto dentro do Palácio do Planalto alimentado por 'pixulecos”, reagiu o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO). Com mais essa prisão do ex-ministro José Dirceu, segundo ele, fica claro que Lula e Dilma levaram para a política nacional o que há de pior em alguns sindicatos do ABC.

“Implantaram esse método sujo que coloca em risco a nossa jovem democracia”, afirmou. Para o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), há muito o que ser desvendado ainda e momento exige firmeza e serenidade. Ministro da Defesa, Jaques Wagner, contrariando o PT, que não quis de imediato se pronunciar, afirmou o seguinte, através de uma nota enviada aos meios de comunicação:

"Eu vou me manter na posição de preocupação de que precisamos ter dois canais paralelos. As investigações seguem, e o País também segue com suas empresas funcionando e com a economia funcionando. O ambiente é que a gente tem que tentar melhorar para estimular investidores e estimular a própria economia a crescer. A sequência da investigação vai ser dar, até que chegue aos tribunais últimos, e vai ter que ter um desfecho, porque tudo tem um desfecho."

Mendonça Filho, líder do DEM na Câmara, disse que para o PT e para o Governo, a prisão tem um simbolismo muito forte. “O ex-ministro José Dirceu tem uma história muito ligada ao PT, dirigiu o partido, foi ministro do governo Lula. O PT enquanto governo envolveu o País numa situação muito grave em termos de corrupção endêmica. Agora, essa prisão mostra, por outro lado, o funcionamento das instituições, que espero que continuem trabalhando no quadro constitucional que assegura o direito de defesa, mas também pune os culpados”, afirmou.

As reações, como se vê, são as mais compreensíveis, mas falar em golpe é agredir a Inteligência nacional. Dirceu é acusado de roubo, de meter a mão no dinheiro público. Ele tirou da mesa do brasileiro o dinheiro do leite de muitas crianças, o pão de trabalhadores famintos, tirou o dinheiro da saúde, contribuindo para o caos no SUS. Na intenção de defender o indefensável, Sibá fala em golpe. Golpe é roubar dinheiro público!

BANCANDO O SITE– Em um despacho proferido, ontem, o juiz Sérgio Moro afirma que o dinheiro do petrolão foi usado para bancar o site Brasil 247 a pedido do Partido dos Trabalhadores. Os repasses foram feitos pela Jamp, uma empresa de consultoria controlada pelo lobista Milton Pascowitch. Em Brasília até as paredes sabem que José Dirceu é de fato o verdadeiro dono do site, mas usa laranjas. Alguma dúvida? Leia a defesa que site fez ontem do ex-ministro.

Namoro ou amizade?–
 Fiel aliado de Armando Monteiro, o prefeito de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), jogou tantos confetes, ontem, no governador Paulo Câmara, por quem foi recebido no final da tarde que não fosse seu histórico de fidelidade ao ministro os mais desavisados já teriam deduzido que teria aderido de vez ao cordão socialista.

Voltando a Garanhuns– Ao governador e ao secretário da Casa Civil, Antônio Figueira, Izaias agradeceu o apoio do Estado ao festival de inverno e acertou parceria para tirar quatro projetos do papel. Acertou ainda a ida de Câmara para a posse do novo bispo de Garanhuns, Paulo Jackson, marcada para o próximo dia 23. Quem acompanhou a conversa diz que nunca viu tamanha afinidade.

Nunca se roubou tanto!– No despacho da prisão do ex-ministro José Dirceu, o juiz Sérgio Moro também acolheu pedido do Ministério Público Federal e da Polícia Federal determinando o bloqueio de valores nas contas de oito investigados no limite de até R$ 20 milhões – podendo chegar a um total de R$ 160 milhões bloqueados nesta fase da operação. Nunca se roubo tanto neste País!

Cunha atira no pé? –
 Com a volta do Congresso, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) vai trabalhar intensamente para colocar em votação a PEC 313/13, de sua autoria, que torna automática a perda do mandato do parlamentar condenado por improbidade administrativa ou por crime contra a administração pública. A matéria, já aprovada no Senado, está adormecendo na gaveta do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, a esta altura, lutará bravamente para não vê-la na ordem do dia, porque representa um tiro no próprio pé.

CURTAS

PORTO– O senador Fernando Bezerra Coelho comemora a expansão do Porto Digital para os municípios de Petrolina e Caruaru. Instalado em Recife há 15 anos, o Porto contará com mais dois “armazéns da criatividade” no interior do Estado, estimulando a inovação no Agreste e no Sertão. O Porto Digital é uma engrenagem que envolve instituições de ensino, governo e iniciativa privada, com o objetivo de desenvolver soluções inovadoras.

TENSÃO– Estudantes de universidades federais promoveram, ontem, ato em apoio à greve dos professores. Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), atualmente professores de 54 instituições federais de ensino superior paralisaram as aulas. A greve de professores afetava a rotina de dois institutos e 34 universidades federais em 22 estados.

Aliado de Armando, prefeito de Garanhuns se reúne com Paulo Câmara


Publicado por Marcela Balbino 


Prefeito de Garanhuns se encontra com Armando. Fotos: Wagner Ramos/SEI/Divulgação.

Aliado do ministro Armando Monteiro (PTB), o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), fez uma visita institucional ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), no Palácio do Campo das Princesas. Este foi o primeiro encontro entre o gestor municipal e o estadual. O secretário da Casa Civil, Antônio Figueira, também participou do encontro, que teve como objetivo estreitar as relações entre o Estado e a prefeitura.

Oficialmente, Izaías Régis aproveitou a audiência com o governador para agradecer a realização do 25º Festival de Inverno de Garanhuns. Porém, nos bastidores, o prefeito – um dos principais cabos eleitorais de Armando na região do Agreste – tenta se cacifar para disputar a reeleição em 2016.

Apesar de ainda não ter adversário natural e de peso para as próximas eleições, Régis mira o apoio do PSB para o pleito de 2016. A intenção é evitar que os socialistas lancem candidatura própria na região.

Maurílio: prisão de Zé Dirceu é mais um episódio na construção de um “Brasil diferente”

Postado em por Inaldo Sampaio


O ex-deputado Maurílio Ferreira Lima (PMDB) declarou hoje (3) no Recife que a prisão do ex-ministro José Dirceu, desta vez por envolvimento em desvio de recursos da Petrobras, é mais um episódio na construção de um “Brasil diferente”.

“Os seus advogados devem recorrer imediatamente da decisão do juiz Sérgio e teremos no estado democrático de direito o réu exercendo seu sagrado direito de defesa e a justiça, da lei. É mais um episódio na construção de um novo Brasil, com culpados sendo punidos e inocentes sendo absolvidos”, disse o ex-deputado.

Juiz decreta bloqueio de 160 milhões das contas de Dirceu

Postado  por Inaldo Sampaio


O juiz da Operação Lava Jato, Sérgio Moro, decretou nesta segunda-feira (3) o bloqueio de R$ 160 milhões das contas bancárias de José Dirceu, de sua empresa JD Assessoria e Consultoria Ltda, das contas de seu irmão Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e outras cinco pessoas ligadas a ele.

Cada um teve bloqueado o valor de até R$ 20 milhões para possível ressarcimento aos cofres públicos.

Também foram bloqueadas contas da TGS Consultoria e Assessoria em Administração, de propriedade de Júlio César dos Santos, que já foi sócio da JD Consultoria.

O juiz não atendeu ao pedido do Ministério Público Federal, que solicitou o bloqueio de contas da Editora 247, do jornalista (e colunista da revista Isto É) Leonardo Atuch.

Erro de projeto causou queda de avião, diz irmão de Campos




O advogado Antônio Campos, voltou a afirmar que os indícios sobre o acidente aéreo que vitimou o irmão e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), apontam para a existência de um erro de projeto na aeronave que teria resultado no desastre que vitimou Campos e outras seis pessoas em agosto do ano passado; " Automatismo projetado para o estabilizador horizontal falhou, colocando o avião para a posição de nose down (nariz para baixo), passando o avião a se auto-comandar e levando-o a um mergulho fatal e incontrolável", afirmou; segundo ele porblemas semelhantes teriam sido registrados em duas outras aeronaves similares a envolvida no desastre

Globo pede Lula preso e diz: 'Agora, só falta você'



O jornal da família Marinho enviou o recado por meio da charge de Chico Caruso, publicada na primeira página do jornal O Globo; o desenho retrata José Dirceu atrás das grades com um smartphone, a imagem do ex-presidente Lula e o título da famosa canção 'Agora, só falta você', de Rita Lee; internamente, colunista Merval Pereira afirmou que "já é possível perguntar e discutir se Lula vai ser preso"; antes dele, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, disse que, "se Lula merece ser preso, é de se lamentar porque terá jogado fora sua história"; direita busca inviabilizar eventual volta de Lula em 2018, por meio da via judicia.
 
Do Portal Brasil 247

Aécio diz que PSDB ‘não comemora nem lamenta’ novas prisões



Publicado por Alex Ribeiro


Senador defendeu a legitimidade das instituições (Foto: George Gianni/PSDB)

Folhapress – O presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), afirmou nesta segunda-feira (3) que o partido não “comemora nem lamenta” as novas prisões da Operação Lava Jato que levaram de volta à prisão o ex-ministro José Dirceu. Em tom mais cauteloso em relação aos seus colegas de partido, Aécio afirma em nota que “o que deve ser louvado neste momento é o pleno funcionamento das nossas instituições”.

“Cabe a nós, como de resto a todos os democratas no Brasil, zelar pelo seu bom funcionamento. Instituições autônomas, independentes e altivas são a garantia do exercício pleno da democracia. Aqueles que cometeram delitos, independentemente da função que ocupam ou ocuparam, devem responder por eles dentro do que determina a lei”, diz o tucano.

Dirceu foi preso preventivamente nesta segunda na 17ª fase da Operação Lava Jato, chamada de “Pixuleco”. Seu irmão, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, sócio dele na JD Consultoria, também foi detido. Outro detido é Roberto Marques, ex-assessor do petista. Eles estão na superintendência da PF em Brasília e devem ser transferidos para Curitiba, onde ficarão à disposição da 13ª Vara da Justiça Federal.

Líderes da oposição afirmaram que a prisão de Dirceu aproxima a investigação do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, além do núcleo principal do PT. Para o senador Aloysio Nunes (SP), vice-líder do PSDB no Senado, os fundamentos usados para a prender José Dirceu deveriam influenciar, pelo menos, uma investigação contra o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff.

Já o senador Cássio Cunha Lima (PB), afirmou que a prisão do ex-ministro era esperada diante das novas delações e de provas materiais colhidas pela Polícia Federal na apuração do caso. O tucano afirma que a prisão de Dirceu é um complicador para o governo porque o petista era uma pilastra importante do PT.

“Sua prisão é um complicador pela importância que ele tem em um partido que está perdendo totalmente a sua credibilidade perante a sociedade”, disse.

Questionado se considerava Dilma uma pessoa idônea, o tucano acusou a presidente de ser omissa em relação aos casos de corrupção. “Tudo aconteceu debaixo do seu nariz”, afirmou, citando a trajetória da presidente que foi ministra de Minas e Energia e da Casa Civil, além de ter presidido o Conselho de Administração da Petrobras.

O tucano afirmou ainda que um eventual diálogo do governo com membros da oposição só deve acontecer quando o governo “pedir perdão” pelos erros que cometeu. Ele afirmou que Dilma perdeu a chance de abrir um canal de diálogo com a oposição no dia em que venceu as eleições, no ano passado.

“O senador Aécio Neves ligou para parabenizá-la e ela não teve o gesto de fidalguia de registrar o telefonema em declarações”, disse Lima. “De lá para cá, só houve hostilidades e tentativas de dividir o país. Agora que o circo está pegando fogo, eles querem o diálogo”, completou.

Diário de um dia nervoso no twitter


Ricardo Noblat

* Comentário da faxineira aqui de casa ao saber da nova prisão de Zé Dirceu: "Já, já vão chegar no Lula".

* A nova prisão de Dirceu enterra a repercussão do lançamento de uma bomba contra o Instituto Lula.

* A nova fase da Operação Lava Jato atingiu o site 247, para o qual o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto pediu ajuda em dinheiro.

* Impensável que Dirceu tope fazer delação premiada. Se topasse, o PT, Lula e a República não sobreviveriam.

* Afinal, ninguém do PT sairá em defesa de Dirceu? Isso é justo?

* Sibá Machado (AC), líder do PT na Câmara, saiu em defesa de Dirceu. Melhor que não o tivesse feito. Sibá, pensando, é um desastre. Falando, pior ainda.

* Lula chamou Sarney de "homem incomum". Foi para defendê-lo quando Sarney estava sendo acusado de fazer o que não devia como presidente do Senado. Hoje, um procurador chamou Lula de cidadão comum. Foi para... Deixa pra lá, como diria Ancelmo Góis.

* Parte do governo está na clandestinidade. Citados na Lava Jato, sumiram da mídia os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Comunicação Social).

* Agosto começou como se esperava. E está só no começo.

* O decreto de prisão de Dirceu, assinado pelo juiz Sérgio Moro, é uma peça arrasadora.

* O juiz Moro diz ter provas de que Dirceu recebeu propinas do Petrolão antes, durante e depois do julgamento do mensalão.

* Havia, de fato, uma "calmaria preocupante" nos últimos dias. A calmaria passou.

* A nota oficial do PT, sem referência a Dirceu, prova que o partido o abandonou. E também a Vaccari, ex-tesoureiro, que está preso.

* Nunca antes na história do país um ex-presidente de partido foi preso duas vezes por corrupção. Nunca antes dois ex-tesoureiros acabaram presos pelo mesmo motivo. Virá mais por aí.

* A ordem no governo é blindar Dilma. Quem deu a ordem foi Dilma. Blindar como? Quem acusou Dilma de alguma coisa até agora? Nem a oposição ousou fazê-lo.

* E Dilma, hein? Gravou para o programa de propaganda do PT na televisão que irá ao ar nesta quinta-feira. E agora? Dilma não tem sorte. Nem juízo. E, pelo visto, nem bons conselheiros.

* Vocês acham que nos EUA, por exemplo, um MST invadiria prédios federais? E ficaria por lá à espera de uma decisão da Justiça para desocupá-los?

* Ocupação de propriedades públicas ou privadas nada tem a ver com liberdade e democracia. Tem a ver (preencha aqui)

* Ingrata, essa Dilma. Nem uma palavra em defesa de Dirceu. Logo ela que o substituiu na Casa Civil... Como Lula, ela também de nada sabia?

* Que governo de bobos, o primeiro de Lula. Nem ele, nem a gestora mais brilhante do que ele souberam das armações de Dirceu. Foram surpreendidos. Estão pasmos.

* Diga-se, a favor de Lula, que ele continua acreditando na inocência de Dirceu e dos demais mensaleiros condenados pelo Supremo Tribunal Federal. Para Lula, o mensalão não existiu. E ponto.

* Será que o Petrolão existiu para Lula? Ou também não?

* Pelo menos um governador de Estado, filiado ao PSB, confidenciou a amigos que recebeu, sim, um telefonema de Dirceu pedindo que ajudasse com dinheiro o site 247 do jornalista Leonardo Atuch.

* Ontem, em nota oficial, Atuch reafirmou a independência e pluralidade de opiniões do seu site. Gesto bonito!

* (Eu sei que ironia não funciona por escrito. Mas não resisto. Perdoem.)

* "De que serve a covardia que Lula e Dilma tiveram na ação penal 470 (mensalão) e repetem na Lava-Jato? Agora, estamos todos no mesmo saco". (Dirceu).

* O desabafo de Dirceu foi feito entre amigos e reproduzido há dois meses pelo jornal O Estado de S. Paulo.

* Lula entregou a cabeça de Dirceu no caso do mensalão para salvar a sua. E agora? A cabeça que já rolou será oferecida outra vez para salvar Lula de novo e também Dilma?



Em jantar com Dilma, aliados só falam de Dirceu

Josias de Souza


Dilma Rousseff abriu as portas do Alvorada para os presidentes e líderes de partidos governistas na noite desta segunda-feira (3). Ofereceu-lhes um churrasco. A anfitriã evitou falar de José Dirceu. Tratou sobretudo de “responsabilidade fiscal”. Mas a volta do ex-chefão da Casa Civil para a cadeia foi o principal assunto das rodas que se formaram no palácio residencial.

Numa das rodas, ouviram-se muitas críticas ao juiz da Lava Jato. Avaliou-se que Sérgio Moro banalizou o instrumento da prisão cautelar. Na expressão de um senador, o magistrado “planta prisões para colher delações”. Um deputado fez piada: “Daqui a pouco o Xitãozinho vai procurar o doutor Sérgio Moro para propor um acordo de delação premiada contra o Xororó.”

Noutra roda, os comensais de Dilma concluíram que o alvo final dos membros da força-tarefa da Lava Jato é Lula, não Dirceu. Convenceram-se disso depois de assistir à entrevista coletiva sobre a fase 'Pixuleco' da Lava Jato. Estranharam o timbre utilizado pelo procurador da República Carlos Fernando Lima. Inquirido por um repórter sobre a possibilidade de Lula ser investigado, o doutor declarou:

“Nenhuma pessoa no regime republicano está isenta de ser investigado. Apenas pessoas com foro privilegiado devem ser investigadas perante o órgão com competência. No caso do ex-presidente, ele pode ser investigado pelo primeiro grau.”

Dilma encareceu aos presentes que pensem no Brasil antes de votar projetos que imponham novas despesas para um governo que precisa cortar gastos. Sem mencionar o nome de Eduardo Cunha, presidente da Câmara, Dilma disse a certa altura que deseja uma base de apoio corajosa, composta de parlamentares que não votem como “cordeirinhos enfileirados”.

Deve estar confusa a mente de Dilma. Lula pelo mandato, ao mesmo tempo que tem de cuidar da unidade dos seus aliados, muitos dos quais querem cargos e dinheiro, não equilíbrio fiscal. Talvez lhe doa a ideia de fazer o papel de uma rainha obscura numa peça confusa em que o personagem do penúltimo ato é um ex-líder estudantil que trocou o idealismo pela propina, e cujo epílogo pode ser um ex-sindicalista que alega ter ficado cego ao chegar ao Poder.

Planalto teme que Lava Jato dure além de 2018


Josias de Souza

O despacho em que o juiz Sérgio Moro mandou prender José Dirceu foi lido com lupa num gabinete do Palácio do Planalto. A autoridade destacada para percorrer as 37 páginas do documento concluiu que, na Operação Lava Jato, o fundo do poço é apenas uma etapa. Dissemina-se entre os auxiliares de Dilma Rousseff a impressão de que o escândalo atravessará a próxima sucessão presidencial, em 2018.



Operação Lava Jato da PF203 fotos 201 / 203
3.ago.2015 - O ex­-ministro da Casa Civil José Dirceu foi preso nesta segunda-­feira (3) em nova fase da operação Lava Jato, em Brasília. Essa é a 17ª fase da Lava Jato, denominada "Pixuleco", e ocorre em Brasília e nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo a PF, os presos deverão ser levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde permanecerão à disposição da 13ª Vara da Justiça Federal Leia mais Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

“Há uma fundada suspeita de que o esquema criminoso vai muito além da Petrobrás”, anotou Sérgio Moro num trecho do despacho. Ele realçou que o assalto “foi revelado, em detalhes, em depoimentos prestados por diversos criminosos colaboradores.” Empilhou quatro exemplos.

1. “Pedro Barusco, ex-gerente executivo da Área de Engenharia da Petrobras, […] já declarou que o esquema criminoso foi reproduzido na SeteBrasil e já há alguma prova de corroboração nesse sentido…”

2. “Paulo Roberto Costa declarou em Juízo que a mesma cartelização das grandes empreiteiras, com a manipulação de licitações, ocorreria no país inteiro.”

3. “Dalton dos Santos Avancini, ex-presidente da Camargo Corrêa, declarou que o mesmo esquema criminoso foi reproduzido na Eletrobras Termonuclear – Eletronuclear, inclusive relatando acordos para pagamentos de propina no segundo semestre de 2014, quando as investigações da assim denominada Operação Lava Jato já haviam se tornado notórias.”

4. “O mesmo Dalton Avancini, em seu acordo de colaboração, também revelou acordos de pagamentos de propina envolvendo a Camargo Corrêa, a Andrade Gutierrez e a Odebrecht nos contratos de construção da hidrelétrica de Belo Monte.''

Nesta segunda-feira (3), escalado como porta-voz da reunião do núcleo de coordenação política com Dilma, o ministro Jaques Wagner (Defesa) foi instado a comentar a prisão de Dirceu. Disse que é preciso conciliar “dois canais paralelos.” Num, “as investigações seguem”. Noutro, “o país também segue, com suas empresas funcionando e com a economia funcionando. O ambiente é que a gente tem que tentar melhorar para estimular investidores e estimular a própria economia a crescer.''

O ministro disse que suas palavras não devem ser confundidas com um ataque à investigação. “Não tem nada contra, até porque não tem como ser contra. A sequência da investigação vai ser dar, até que chegue aos tribunais últimos, e vai ter que ter um desfecho, porque tudo tem um desfecho.”

Vale a pena ouvir mais um pouco de Jaques Wagner: “O que eu estou falando só é que a gente dorme e acorda sempre com uma notícia dessa. Então, do ponto de vista do ambiente de negócios, esta é minha preocupação maior. Se a gente está precisando de uma retomada, a gente precisa de um grau de estabilidade para que os investimentos ocorram normalmente.''

O problema é que, na Era petista, a normalidade tornou-se insuportável. O leitor palaciano grifou um trecho de Sérgio Moro: “Há […] vários elementos probatórios que apontam para um quadro de corrupção sistêmica, nos quais ajustes fraudulentos para obtenção de contratos públicos e o pagamento de propinas a agentes públicos, bem como o recebimento delas por estes, passaram a ser pagas como rotina e encaradas pelos participantes como a regra do jogo, algo natural e não anormal.”

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Evilásio rasga elogios a Ilka Paloma e deixa claro que pretende indicá-la como a candidata do grupo Calabar em 2016


Em participação no programa da prefeitura de Taquaritinga do Norte, que aconteceu na Farol FM no início da tarde do último sábado (01), o prefeito Evilásio Araújo (PSB) fez rasgados elogios a membros de sua equipe de governo. Evilásio deu grande destaque, elogiando os nomes de Deyse Barboza (Chefe de Gabinete), Ronaldo Veiga (Secretário de Saúde) e Ilka Paloma (Secretária de Educação).


Mas o que chamou atenção, foram as palavras do prefeito com relação a Secretária de Educação,que sempre foi tida como a "queridinha" do prefeito. Evilásio já deu várias demonstrações de que Ilka é seu nome predileto para disputar a eleição de 2016 representando o grupo Calabar. Confira um trecho do que disse o prefeito sobre a secretária:


Ilka Paloma e Evilásio Araújo
(Foto: Imprensa Oficial de Taq. do Norte)

"Ilka, uma guria que chegou na Educação e se fez essa fortaleza, é isso que eu vim oferecer para Taquaritinga. Dar oportunidade as pessoas que buscam oportunidade. Você vê uma secretaria de Educação que a gente pode dizer com toda ênfase, é talvez a melhor do Estado de Pernambuco,porque no canto que botar pra essa moleca trabalhar, ela trabalha. Sabe porque, ela já aprendeu! Do mesmo jeito que Eduardo Campos estava preparado para governar o Brasil, Ilka está preparada para qualquer tipo de coisa."
Em outro trecho, Evilásio afirma que não tem medo de apostar em Ilka.
"Ás vezes eu chego aqui e me encanto, vê uma moleca feito Ilka com uma desenvoltura dessas... São pessoas sabe, que a gente tem coragem de apostar!"
Mesmo tendo Ilka como a predileta, Evilásio sabe que o nome dela possui rejeição no município, por isso tentou lançar outros nomes como Ronaldo Veiga e o empresário Gena Lins que também não decolaram, talvez por isso o prefeito esteja reforçando sua ideia de lançar Ilka como candidata. Para isso, o ex-prefeito Zeca, que foi alvo de cassação, precisa ser encaixado em alguma coisa, mas isso não será um grande problema, como um bom vendedor que é Evilásio convencerá Zeca a comprar qualquer ideia, em troca da garantia de não ficar de mãos abanando.


Por Paulo Pereira | PE mais
Postado por PE mais

Evilásio antecipa campanha eleitoral e usa ônibus do Governo Federal para realizar carreata pelas ruas de Taquaritinga




Uma atitude cômica e sem noção do prefeito Evilásio Araújo (PSB), deixou cidadãos indignados neste sábado (01/08) em Taquaritinga do Norte. A prefeitura municipal recebeu recentemente mais cinco ônibus escolares do Governo Federal, as críticas vieram quando o prefeito aproveitou a benfeitoria para realizar um ato político.




Prefeito Evilásio acompanha carreata em moto
(foto enviada por leitor através do Whatsapp)

Os veículos passaram aproximadamente quinze dias estacionados na praça central, coisa que já virou hábito comum da atual administração da Dália da Serra. E neste sábado, a população foi surpreendida com mais um episódio inusitado realizado pelo polêmico prefeito Evilásio Araújo. O gestor realizou uma carreata com os ônibus e acompanhou o ato na garupa de uma moto, um movimento que mais se assemelhou as cenas da novela "O bem amado", onde o personagem Odorico Paraguaçú realizava atos políticos cômicos.


A carreata que foi nitidamente um ato político eleitoreiro, está sendo visto como o primeiro ato de campanha da secretária de Educação do município, Ilka Paloma, que acompanhou a carreata junto com um grupo de funcionários da perfeitura à pedido do prefeito. Ilka provavelmente será indicada como a candidata defendida pelo prefeito na eleição de 2016. O absurdo foi confirmado no início da tarde, quando Evilásio concedeu uma entrevista em um programa da prefeitura, apresentado pelo radialista Egídio Amorim e transmitido pela rádio Farol FM.



"...Chega esses 'bostinhas' aqui para querer conversar 'merda' no microfone... 'A gente vamos' ganhar a política e não vai ser com 1556 votos não viu Egídio, escreva isso, você vai estar lá, vai ser mais de dois mil... Porque quem vai ganhar não é Evilásio não, quem vai ganhar eu não sei se é Ilka, se é Marcos Xavier, eu não sei se é Ronaldo Veiga, mas um de vocês... Tá ouvindo Ilka? Olhe nos meus olhos... Um de vocês, que seja Zeca, que seja Gena, são essas pessoas que vão partir com a gente, pois a gente vai fazer esse enlace de compromisso não é com Evilásio não, é com o modelo de gestão que aí está!"
"Eu comecei dar uma demonstração aqui do que vai ser a nossa campanha, onde eu não digo que tem 20 ônibus não, eu provo que tenho... Tá aí ó... Tá os 21 ônibus da Educação, patrimônio do povo da nossa terra!"
O prefeito demonstrou total desequilíbrio tanto na entrevista, quanto na realização da carreata com os ônibus. Evilásio enfrenta o pior momento político desde o início de sua primeira gestão em 2008, tanto o prefeito como sua administração estão com um alto índice de rejeição da população.


Desde que foi eleito prefeito de Taquaritinga do Norte, Evilásio Araújo sempre teve uma postura polêmica e é apontado pelo povo como uma pessoa arrogante e sem equilíbrio. Com a aproximação da eleição do ano que vem, o município provavelmente ainda assistirá atos de deixar todo mundo de boca aberta, é esperar para ver e crer.


Por Paulo Pereira | PE mais

População do distrito de Pão de Açúcar realiza protesto pacífico em busca de resposta sobre a duplicação da PE-160





Aconteceu neste sábado (01) um protesto pacífico no trecho urbano da PE-160 nas proximidades de Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte. O ato contou com as participações de alguns moradores do distrito citado e o que objetivo seria adequar o projeto com as necessidades da população local.

Em entrevista a equipe do Blog do Ney Lima, o ex-prefeito do município Jânio Arruda (PSDB) afirmou que, o protesto estava sendo realizado por que a população do distrito não estava sendo ouvida em relação à duplicação da via e que o projeto deveria se adequar da forma de que o distrito já se encontrava.



“Estamos aqui neste protesto por que os moradores querem ser escutados, pois já modificaram diversas vezes o projeto e nós de Pão de Açúcar não fomos ouvidos, e alguns moradores estão sendo prejudicados. Esse projeto foi feito de cima para baixo, sem ouvir os moradores que são os grandes prejudicados. A solução é readequar o projeto e fazer um diferente, e que possa deixar as pessoas satisfeitas e resolverá os problemas de Pão de Açúcar e Santa Cruz do Capibaribe” – concluiu.

Em contato com um dos integrantes da comissão, José Fernando, ele destacou o principal objetivo do protesto e as necessidades dos moradores.



“O nosso principal objetivo é que a duplicação venha beneficiar a população, principalmente o nosso maior parque de confecções do Brasil e, que possa também beneficiar Pão de Açúcar. Nós estamos sendo prejudicados por que esse projeto está dividindo o distrito de Pão de Açúcar em dois lados (Norte e Sul) e não tem semáforo. Temos os bairros Badoc, São Francisco, Trevo e o Cruzeiro, onde as crianças que estão de um lado dependem de uma passagem pra ir até a escola, que fica no Centro. Nós temos também o cemitério do lado do Badoc e quando tiver um enterro, por onde as pessoas irão passar? E para trafegar no local, tem que ter um semáforo”, – frisou.
Do Blog de Ney Lima